Segunda-feira, 22 de Novembro de 2010

Foi mesmo o enterro da guerra fria?

 

Aqui, no espaço, onde já começa a ser desmontada a estrutura que acolheu a cimeira da NATO em Lisboa, garante-se que a Guerra Fria encontrou a sepultura junto ao Tejo. José Sócrates tem razões para ostentar um sorriso genuíno e encher o peito de orgulho para anunciar que a cimeira de Lisboa foi um sucesso, corrigindo de seguida: "Um enorme sucesso!"

Foi, de facto, uma cimeira de alcance histórico, aquela que juntou em Lisboa à mesma mesa Dmitri Medvedev e Barak Obama. Desta vez os mandachuvas de Moscovo e Washington estiveram frente-a-frente não como inimigos (adversários, na melhor das hipóteses), mas como parceiros com vontade de cooperar.

Inflado de satisfação, Sócrates proclamou mesmo "o fim da era dos ressentimentos e o início de um novo momento de cooperação" entre a NATO e a Rússia.

É que durante o decurso de uma reunião do Conselho NATO-Rússia, integrado no programa da cimeira, concebeu-se uma declaração final em que se lê que ambos os lados "trabalharão no sentido de uma verdadeira parceria estratégica e modernizada, baseada nos princípios da confiança reciproca, transparência e previsibilidade, com o objetivo de criar um espaço comum de paz, segurança e estabilidade na área euro-atlântica".

Por seu turno, o secretário-geral da aliança, Andres Fogh Rasmussen, falou em fantasmas enterrados e disse que, pela primeira vez, os dois lados se dispuseram a trabalhar juntos na defesa mútua. Isto é, os 28 países da NATO decidiram avançar para a criação de um escudo de proteção antimísseis que inclua a Rússia. Pela primeira vez a aliança e o Kremlin admitiram que não constituem uma ameaça mútua e que se vão juntar para enfrentar ameaças comuns.

O presidente dos Estados Unidos falou mesmo na transformação de uma fonte de tensões numa fonte de cooperação. E foi elogiado pelo seu homólogo russo por ter rejeitado a herança do seu antecessor Gerge W. Bush, que pretendia criar um escudo antimíssil que a Rússia sempre sentiu como sendo virado contra si.

Já a caminho de Washington, Obama não leva apenas a memória da "extraordinária hospitalidade", mas também as costas mais quentes. Uma espécie de reforço para o ajudar a quebrar algumas resistências no Congresso em relação à ratificação no novo Tratado START, que assinou com Medvedev, em abril, e em que Washington e Moscovo se comprometem a reduzir em 30% os seus arsenais nucleares.

E, se for verdade que a Guerra Fria foi enterrada à beira Tejo, isso representará a lápide na sua sepultura. Até lá, os acordos alcançados em Lisboa, não passarão de boas intenções e continuaremos a viver num mundo perigoso.

 

20:12 Sábado, 20 de Nov de 2010
Francisco Galope - Jornalista VISÃO
publicado por esas às 17:30
link do post | comentar | favorito
|

.Espaço da Geografia

.pesquisar

 

.Maio 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Portos Portugueses

. Turismo em Portugal

. António Guterres faz apel...

. Tomada de Posse de Antóni...

. Joan Miro - Biografia e p...

. Portugal, beleza e simpli...

. O orçamento da UE

. PAC : 2014 / 2020

. Agenda 2030 para o Desenv...

. Movimentos da Terra

.arquivos

. Maio 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Setembro 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Setembro 2015

. Julho 2015

. Maio 2015

. Fevereiro 2015

. Novembro 2014

. Setembro 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Março 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Julho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Janeiro 2012

. Outubro 2011

. Agosto 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds