Domingo, 28 de Fevereiro de 2010

" 5 minutos com sumo ..."

 

semana do jovem consumidor

 

Hoje é 2ª feira, 1 de Março de 2010

 

 

 

 

 

Pergunta: Porque é que, antes de 2008, ninguém pedia o livro de reclamações em clubes de video? Ou em centros de explicações?

Resposta: Porque não havia livros de reclamações nesses estabelecimentos. Mas, hoje em dia, todos os estabelecimentos de venda de bens e serviços que tenham atendimento ao público são obrigados a tê-lo: cabeleireiros, bombas de gasolina, escolas, ginásios, estabelecimentos de tatuagens e piercingues, farmácias,cinemas, etc., etc.

Pedir o livro de reclamações é um direito de quem não foi bem servido e tem razões para reclamar. Como se faz? O responsável pelo estabelecimento tem a obrigação de apresentar o livro quando este for solicitado. Se não, fica sujeito a uma espécie de multa (chamada coima). Não aceites nenhuma destas desculpas: «O Livro não está cá, está na nossa outra loja.»; «Primeiro, tem que me mostrar a sua identificação.»; «É melhor apresentar a reclamação directamente no nosso site, que é mais directo.», etc. São desculpas ilegais. Se te recusarem o acesso ao livro, deves chamar a PSP ou a GNR.

 

O Livro de Reclamações é mesmo um livro, cujas folhas são impressos para o consumidor registar a sua reclamação. O original da reclamação deve ser remetido pelo responsável do estabelecimento à autoridade que vai decidir se o estabelecimento agiu mal e quais as consequências a aplicar. O duplicado é entregue ao consumidor. O triplicado fica no Livro.

 

 

Há situações em que, como consumidores, não podemos deixar de reagir. Mas, para isso, precisamos de saber quais são os nossos direitos. De nada serve ter direitos, se não os conhecermos. De nada serve conhecê-   - los, se não agirmos quando eles forem desrespeitados. Agora, é preciso usar o Livro com consciência, responsabilidade e bom senso. Lembra-te que ele serve para reclamar e não para desabafar. Se, por exemplo, o vendedor se recusa a vender-te um produto pelo preço marcado na etiqueta, há motivo para recorrer ao Livro. Se ele apenas foi antipático, só te resta uma solução: mudar de loja.

publicado por esas às 20:37
link do post | comentar | favorito
|

.Espaço da Geografia

.pesquisar

 

.Maio 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Portos Portugueses

. Turismo em Portugal

. António Guterres faz apel...

. Tomada de Posse de Antóni...

. Joan Miro - Biografia e p...

. Portugal, beleza e simpli...

. O orçamento da UE

. PAC : 2014 / 2020

. Agenda 2030 para o Desenv...

. Movimentos da Terra

.arquivos

. Maio 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Setembro 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Setembro 2015

. Julho 2015

. Maio 2015

. Fevereiro 2015

. Novembro 2014

. Setembro 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Março 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Julho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Janeiro 2012

. Outubro 2011

. Agosto 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds